quinta-feira, 24 de julho de 2008

ida ao cinema


Os que me conhecem, certamente irão estranhar o que eu falarei agora: eu sou um cinéfilo! pronto, admito! verdade nua e crua; tal qual veio ao mundo, e destrinchada por uma faca cega, em pedaços desiguais e banhados em sangue, em sua verdadeira grandeza.Por que falei isso? são poucos os filmes que realmente me agradam e/ou que me fazem pensar horas e horas após.
Ontem eu vi três filmes, apenas isso, três filmes.Um no computador e outro na promoção do iguatemi.E quero falar sobre eles.Por isso eu disse que me estranhariam meus conhecidos.Então, ao som de sepultura, vamos aos comentários

1) Juno
muito bom! uma adolescente que foge ao clichê de "idiotinha assustada" ao saber e no decorrer da gravidez.Tudo bem que ela recebe um choque ao se descobrir grávida, mas mantém a racionalidade (ou a frieza) e não só conta ao pai (e a madrasta) como também ao amigo/pai da criança e decide dar o bebê ao invés de realizar um aborto.Claro, se ela fizesse um aborto, tudo seria mais fácil, mas aí não teria filme...A família da garota não é aquela "família certinha dos anos 50" nem uma totalmente "desestruturada anos 90", mas uma bem incomum.A personagem centro é quase sempre fria, roqueira, "sem noção", com humor ácido e muito esperta, que não foi manipulada para o sexo, mas a idealizadora do ato.O amigo é um imbecil.ponto.A família "receptora" do bebê (perdoe-me meu amigo , amiga leitora, por tal classificação, mas é um comércio esse fato de adoção mesmo que nem sempre haja transação financeira) é teóricamente perfeita a primeira impressão.Mas depois vê-se que a esposa é um robô, que as mães desejam que as filhas sejam (trabalhadoras, certinhas, e mães exemplares, cujo único pensamento é voltado para a família) - por favor, perdoe-me por utilizar tantas vezes a palavra "família", mas estou um tanto confuso em encontrar outra similar - e o marido, um homem de uns 40 anos com complexo de adolescente rebelde.O que basta comentar deste filme é isso.Ele é satírico, original e frio.

2) hancok

Hancock é um super-herói, bêbado e anti-social, que perdeu a sua popularidade entre aqueles que ele protege quando suas tentativas de resgate nem um pouco convencionais provocaram um terrível caos na cidade e prejuízos de milhões de dólares. Durante um resgate, Hancock conhece Ray Embrey, um agente de Relações Públicas fracassado que se oferece para representar e recuperar a imagem pública de Hancock. Quando a mulher de Ray, Mary , e Hancock se encontram, ocorre uma inexplicável e imediata conexão entre os dois. Após muita resistência, Mary finalmente revela que ela também possui superpoderes e que haviam muitos como eles que se uniram e morreram (lê-se: se uniram em matrimônio, se tornaram "mortais" e perderam os poderes e a vida) e que eles eram predestinados, logo em seguida, Hancock começa a perceber que seus poderes estão perdendo força.Depois de mó rola que acontece, hancok decide ir embora para que mary recupere os poderes (e a imortalidade) e viva feliz com Ray, e se torna um real super herói.2 coisas ficam sem explicação: qual é a origem dele e o que significa a maldita águia que aparece o filme todo, um simples símbolo, a águia de Zeus, sei lá...Não vale a pena ver

3) batman

Esse último batman é simplesmente brilhante! Bruce Wayne finalmente se transforma no cavaleiro das trevas e toda a sua friez.O coringa é o melhor de todos.Realmente aquele ator que morreu a pouco se superou. Esse coringa é o mais insano, psicopata e sarcástico que eu já vi! e eu já assisti a todos. Esse palhaço demoníaco mostra não só a sociedade (não somente a norteamericana), a ruína dos valores, a corrupção e a ineficiência da força pública para conter lunáticos que estejam prontos a atacar. e no final, o promotor boa pinta se transforma no 2 caras, como todos nós. Só não concordo com uma coisa no filme: anarquia NÃO É caos como o coringa disse!!! ausência de regras e/ou de ordem é ANOMIA! mas afinal, quam nunca teve vontade de sair na rua e quebrar tudo como o palhaço do mal?

Era só isso que eu queria falar.Vejam os filmes, menos o hancok, e não, repito, não estou ganhando nada para falar desses filmes.Só quis comentar porque os achei f.....!!!

abraços libertários!!!

15 pessoas leram!:

jana disse...

hello stranger!
acho bacana que alguem tenha gostado de um post. achei cult-bacaninha seu elogio =)

desculpe, não li o post sobre cinema inteiro. não leio sobre cinema. me recusei a ver Juno de tanto ter ouvido falar no filme, Hancock nao verei por enquanto e Batman, verei se surgir uma oportunidade.
enfim, nada a ver eu me explicar sobre isso, mas enfim,
se vc postar algo sobre filmes que eu já tenha visto, podes crer que eu lerei!
=)
abraços literários

Amarela disse...

Já vi Juno e achei brilhante, foge um pouco dos filmes que vejo normalmente sobre adolescentes e grávidas...Eu vi Hancock, gostei do filme. Pode até não ser um ótimo filme, mas achoque por ser um pouco diferente dos filmes de superhéroi ainda nós sentimos estranhos...e a águia, se liga né Erick..EUA!!!^^ A Bia me falou sobre batman eu quero ver, pq nesse ele não tá tào parecido com um idiota...(na realidade eu odeio o personagem batman, por isso sempre torço para o vilões :P) Abraços..

O Bobo disse...

puff

Nanda disse...

po, assisti o batman na estréia, cheguei atrasada, sentei ne frente... e não é que eu amei? sério eu tava ansiosa pra assistir ao filme, ainda mais depois de batman begins (assisti o filme como quem não quer nada e me surpreendi com a qualidade). e olha que nunca fui fã de gibis que não fossem da turma da monica.

juno é muito bom mesmo, leve e despretencioso. odeio filmes pretenciosos. sem contar que a ellen page (é esse o nome da atriz né?) tá realmente convincente num papel que poderia ser facilmente representado de forma caricata. penso eu.

hancok? quem sabe um dia eu não assista na tela quente?

abraços cinematográficos.

ps: chegou ao meu blog e será bem vindo!
possso adicionar o link do seu lá no meu?

Nanda disse...

oui, pode adicionar sim. por favor.
quanto mais propaganda melhor, afinal pretendo enriquecer com meu blog!
hahahahah

Fraturas Expostas disse...

olá, muito obrigada, fico feliz que vc gostou...
todos nós somos um pouco poetas, a poesia tah na vida latejando na cabeça o tempo todo, o que nos resta(pelo menos é o que faço) é vomitar todos os sentimentos do mundo e transformá-los em algo válido.

ah, gostei do blog...num assisti nenhum dos filmes, mas preciso, pois já me identifico com o hancok, mais pela vida sem horizontes regada à alcool que pelos super-poderes, e gosto muito do heath, por causa de brockback mountain...
mas tenho assistido umas coisas mais velhas, como laranja mecânica e o fabuloso destino de amélie poulain...são fantásticos, recomendo.
bjo

Nanda disse...

ah, e respondendo a sua pergunta.
sou preguiçosa demais para ser fanfa e sair todo dia e também para ler fucô.
acho que me encaixo no perfil mariavaicomasoutrasoucomasituação, ou mais pseudamente intelectual, como diria o rei raul, uma metamorfose ambulante. acho que inclusive varia com as estações do ano.
rs.

Amarela disse...

Pow cara, "fumadores de fumacê" vem lá do colégio.O certo seria cheiradores de fumacê, mas aí ficaria pesado...rsrsrs Essa é uma expressão para dizer que a pessoa viajou, ou simplesmente pensou.Usei isso para a prova de filosofia e física :P....Só assim para conseguir se dá bem nelas..
bjs..

Caranguejo Excêntrico disse...

Olá, olá!

Não vou desfiar agradecimentos aqui por você ter aparecido lá no meu blog, ter lido o que eu escrevi, etc e tal; isso seria clichê demais pra mim e pra você também.
Mas pode aparecer sempre que quiser por lá, viu, nem precisa bater!!
:D

Assisti ao Juno, achei um filme muito bom, também. Batman ainda quero ver, agora o Hancok não me interessa muito, não...

Quanto às têmporas, são aquela parte da cabeça aonde os suicidas geralmente preferem atirar quando finalmente tomam coragem pra se matar.

Au revóir!

jujudeblu disse...

Bem, não sou cinéfila nem tenho "quedas" por homens cinéfilos. Ao contrário, tenho certo repúdio em decorrência de minha experiência de vida. Contudo, isso não me impede de me relacionar com pessoas cinéfilas, contanto que não seja pra ficar falando SÓ de filmes! Além do mais, tenho péssima memória para filmes, vivo confundindo os nomes e as histórias e os atores... Enfim...
Dito isto,
Estou afim de assistir o Batman, até porque vc falou e tals!
Vc viu Vanilla Sky? Eu assisti faz pouco tempo [meio tarde...] e esse foi um filme que, de fato, me deixou pensando. Muito.

Enfim, obrigada pela visita.
Aliás... De onde vens e para onde vais?

Cavalinho disse...

Bem, Cinema é minha praia... mas ainda não vi nenhum desse aí... hauhau

:)

Cavalinho disse...

Mentira!
eu vi Juno...
não é dos meus favoritos...
mas gostei

Juliana Oliveira disse...

nem fale...tbm sou cinéfila e curte os mesmos filmes q vc, menos hancok q nem vi...mas enfim filmes para mim é uma arte e amo ficar parada em frente a tv indagndo e pensando
muito demais
sou muito artista
comppreendes?
huahau
abraços literários

Amanda disse...

Retribuindo visitinhaa...volte sempre,ok???
BjooO

Diego Filipe disse...

O que posso dizer? Se suas poesias não ficariam como as minhas, ainda bem, não!? "Não um, mas alguém", certo? Obrigado pela visita... (e ainda não assisti o Batman, mas estou realmente ansioso pelo Coringa! *e valeu por ter contado sobreo Duas Caras ¬¬'*)