sexta-feira, 28 de maio de 2010

Rodapé

É, parece que meu último post não foi do agrado dos leitores.
Mas que posso fazer? Há tanta coisa errada no mundo, tantos problemas sociais, tantos problemas ambientais que inclusive ameaçam nossa sobrevivência.... que mais posso eu fazer?
Nos blogs anteriores, que ninguém aqui deve ter tido contato, falei de muitos deles e se hoje ainda falo alguma coisa é porque acredito que é melhor ter uma voz não ouvida do que não ter voz.
Não ter voz é abaixar a cabeça ou, na melhor definição, ficar de quatro e se deixar ser abusado. A nossa marca, como a de todos na história humana, é a do conformismo. Antes aceitávamos tudo porque as coisas aconteciam porque tinham que acontecer, porque era destino ou algo do tipo. Hoje, nós aceitamos a realidade por pura preguiça e egoísmo.
Por mais que não queiramos entender todos nós fazemos parte de um conjunto, de uma teia. Se em algum ponto tiver alguma coisa que não está certa, pode demorar mas todos sentirão o reflexo. Se vc, que está ai sentado ao computador pensa que está a salvo, não pense mais nisso. Você ainda sentirá a dor e o desespero. É questão de tempo!
E embora eu ainda tente ter esperança, o que resta à humanidade é a destruição e o caos de sua ruína, pois somos o verdadeiro câncer nesse planeta. Nós conseguimos fazer mal a nós mesmos e às outras formas de vida. E somos indiferentes a isso. Que destino merece uma espécie assim? Somente a sua extição.
Espécies surgem e desaparecem, homens nascem e morrem, é o sentido natural das coisas. Nós sumiremos da face da terra e nosso legado será esquecido, pois de nada ele pode ser aproveitado. se algum dia caminhar sobre esse mundo uma nova espécie racional e dominante, que não cometa os mesmos erros que nós.

Abraços Libertários

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Apocalipse negro

Vocês já devem ter ouvido sobre aquele vazamento monstro lá nos Estados Unidos. Outra vez temos mais um desastre ambiental que traz risco e etc etc e etc. Essa ladainha toda que se fala no jornal, que nos comove e nos indigna contra tamanha irresponsabilidade tanto da empresa petrolífera quando do governo dos EUA. Como estudante de biologia eu fico p*** com isso! Po, como eles têm a cara de pau de fingir arrependimento e logo em seguida fazer outra burrada dessas?????? Quem não se lembra do desastre no Alasca? (eu não era nascido rs)
ou do desastre aqui no nosso quintal da Baía de Guanabara?
E tantos outros exemplos que eu não lembro, mas que nos dizem para termos cuidado ou pararmos de fazer isso porque estamos envenenando o planeta e a nós mesmos! Agora fora da esfera do petróleo, quantas merdas já não fizemos ao meio ambiente? Nós cagamos a mata atlântica, extinguimos animais por todo o globo, cabamos com o Mar de Aral, aumentamos o efeito estufa, poluímos importantes fontes de água doce e etc!
É só você, leitor, lembrar das aulas do colégio e verá que nós, seres humanos, estamos destruindo o planeta. Toda uma história de 3, 5 bilhões de anos (quando a vida surgiu) está sendo abruptamente alterada em cerca de 200 anos, que é quando começamos a realmente mudar as coisas segundo nosso frio e estúpido interesse de expandir nossas fronteiras e lucrar com isso.

"Filho,
você que ainda não nasceu, não me perdoará pelo que não fiz. Calei a minha voz e me omiti. Deixei que viessem de todos os cantos e roubassem todo o seu futuro nesse mundo. Disseram palavras doces, mas fiquei com uma mão na frente e outra atrás quando foram embora. Os recursos foram consumidos impensavelmente e à você só resta a dor e a incerteza como herança. A sua geração terá trabalhos à fazer para se salvar dos nossos erros e talvez dar uma chance à perpetuação de nossa espécie.
Talvez você nem ligue para isso, afinal, que se dane uma espécie que faz tanta asneira em tão pouco tempo! Cavamos nosso abismo mesmo quando alertados dos perigos. E agora, só nos resta o pó. O pó do nosso nascimento e do nosso castigo.
Perdoe-me, pois sei que errei! Não tenha ódio de seu pai que nem lhe pensa em fazer ainda. Não guarde rancor pela minha existência, nem cuspa na história que lhe legamos. Viva esse século como uma nova era, um novo recomeço. Ainda há tempo de se fazer alguma coisa!
.........ou talvez não.
'Uma gota de óleo foi toda a nossa sabedoria, mas um oceano inteiro foi a nossa estupidez'
Enfim, termino essa carta, meu filho amado. Quando ler essas pobres e tortas linhas, pense em mudanças. Porque foi o conformismo a marca da minha geração. Que a marca da sua seja a luta por um mundo melhor.
Abraços libertários,
Erick macau"

terça-feira, 4 de maio de 2010

Reflexão jornalística

Em nome da cruz fizemos guerra. Em nome da cruz desbravamos mares e civilizamos povos. Em nome da cruz moldamos todo o ocidente. E em nome da cruz se perverte crianças.
Os católicos que me perdoem, mas é uma santa hipocrisia! Já estou cansado de abrir o jornal e ler mais um novo escândalo de padre que usou serviços sexuais de crianças e adolescentes! Estou indignado! E também enojado, favor tome nota.
Antigamente era comum o filho do vigário, a mulher do padre..... mas o garotinho do padre????????
Que perversão!!!!!! Como a mesma boca que diz coisas tão agradáveis sobre o divino, que recomenda penitências e abençoa, faz outras coisas tão feias??
Como a Igreja Católica tem coragem de encobrir isso??? COMO ELES DORMEM À NOITE?
Eu não sei como nenhuma notícia de "pai de filho abusado mata padre acusado" inda não foi divulgada, pois é isso que se espera.
E o pior é que somos coniventes. Ficamos calados e não buscamos justiça. Deixamos tudo na lentidão do sistema, cheio de muitas más vontades.
Isso aqui não é um ataque nem algo parecido. Eu também sou cristão, frequento igreja (não a católica). Mas não condigo tolerar esses lobos que tão bem foram descritos por Eça de Queiroz no seu Crime do Padre Amaro. Quantos duas caras estarão por aí soltos? Quantos ao invés de se comportar segundo a Palavra, estão afundados nessa lama de perfídia???
Deixo essa indignação com vocês, meus leitores.
"Cuidado com as sotainas negras"

abraços libertários