sábado, 28 de maio de 2011

Espinhos

A vida parou. Foi só um espirro. Ou menos até. Foi o tempo da mulher da minha vida começar a me odiar e não sei se um dia parará.
Há um mês era um ano de namoro, amor intenso. Pena que a comemoração foi justo no dia da insurreição no theatro municipal da OSB jovem, onde ficamos no meio da guerra interna, literalmente na platéia. Nesse dia eu só queria olhar pra ela, e poder sempre... amá-la. Não importava os gritos e vaias ao maestro, os músicos se retirando do palco, os repórteres se engalfiando pela matéria.... ela. Só ela era o que eu prestava atenção.
Houve poemas muitos de amor e tantas mais juras, aos milhões. Sendo cuidadosamente guardados na caixinha de recordações.
Mas a caixinha hoje está comigo, junto com tudo que lhe dei... tudo devolvido por causa de um espirro ou menos até.
De todos os burros que há no mundo e outros sei lá quantos bandidos, talvez seja eu o pior. Perdi o que é mais importante na vida por um momento estúpido, sem pensar, de dizer o que não devia. Meu coração pulsante contra espinhos.
A vida parou. Instante, segundo, piscar de olhos, explosão solar.
Foi só um espirro.
Ou menos até.
Foi o tempo da mulher da minha vida começar a me odiar.....
......................... e não sei se um dia parará.

Abraços Libertários

domingo, 10 de abril de 2011

Big Brother Você

Você acorda, coça os olhos, coloca um chinelo no pé direito e vai direto pro banheiro. Xixi, escovar os dentes, passar água no rosto. Vai na cozinha, pega o resto da pizza do dia anterior, volta pro quarto, liga a TV e volta pra cama. Assiste ao Bob Esponja, ri da cara da fofoqueira do outro canal e rapidamente se cansa daquilo que está na TV. Você vai pro computador e entra no primeiro site pornô que passa pela sua cabeça. Você faz o que tem que fazer, volta pro quarto, desliga a TV e vai dormir.

Hora e meia depois você volta ao ar, bota uma roupa decente e vai encontrar com seus amigos no shopping. Passa pelo porteiro sem desejar bom dia, por que na semana passada ele contou pro seu pai que você andava bebendo. Entra na van e vai pro shopping sem se preocupar com a vida. Sem se preocupar com a prova de amanhã, que poderia compensar o 0,7 tirado no último exame. Sem se preocupar que você deixou o computador ligado. Sem se preocupar com o engarrafamento que vai te atrasar. Você não se preocupa nem com o telefone tocando desesperadamente no seu bolso, por que a música no seu ouvido está absurdamente alta. O dinheiro na carteira é pouco, mas você não está nem aí. Nem aí, nem ali e nem em lugar nenhum.

Na verdade, por mais que você relute, você está em todos os lugares. Todas as câmeras estão voltadas para você, para a senhora rabugenta ao seu lado e para o garoto de colo que não pára de te olhar. Você não está nem aí, mas as câmeras fazem você está em todos os lugares.

Você não está nem aí até que você percebe que o engarrafamento foi causado por um acidente. E depois percebe que foi trágico, pois tinha um corpo no chão. E de repente você reconhece o grupo que está desesperado perto do corpo. Você nunca viu seus amigos tão agitados quanto naquele dia. Nem em raves, nem em shows, nem em lugar nenhum. O choro e agonia de cada um se misturaram ao seu choro e à sua agonia. Você acorda pra vida e desce desesperado pra tentar socorrer o corpo ensangüentado no chão, mas não chega nem perto por causa dos bombeiros e médicos.

E agora, mais do que nunca, todas as outras câmeras que não te miravam agora te fitam com zoom. Zoom na sua boca aberta, nos seus olhos cheios d’água, nas suas mãos e pernas trêmulas, nos seus joelhos sujos. Sua tristeza está sendo transmitida ao vivo e a cores para qualquer um que queira ver. O show da desgraça e o assassinato da ética e do bom senso são o divertimento das câmeras humanas, mostrando que até quem não sabe, faz ao vivo.

(Luto pelo ocorrido em Realengo no dia 07 de abril de 2011.)

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Você tem certeza que quer ser meu amigo?

São quase cinco da matina e eu to tentando escrever um segundo texto pra minha estréia aqui no blog. Entrei nos sites da BBC News e da Foha Online pra ver o que me chamava a atenção.

No site da BBC, me chamaram atenção 3 matérias: a primeira me disse que rolou uma maratona só de robôs no Japão; o robô vencedor tem 40cm e 2,3Kg. A segunda matéria me disse que a Grã-Bretanha vai deixar de ajudar diretamente 16 países, incluindo Rússia e Índia, mas vai focar a assistência em 27 países que possuem, estatisticamente, os piores índices de mortalidade infantil e de malária no mundo. E a terceira matéria me disse que, segundo uma parteira britânica, a Libéria é um péssimo lugar para dar a luz a bebês: 1 em cada 25 bebês morre no parto; e se ele não morre no parto, as chances de ele ou da mãe morrerem depois são muito grandes.

Agora, sabe o que mais me chamou atenção no site da Folha além da foto da Natalie Portman com o Spirit Award nas mãos e do Flamengo fazendo camisa pra comemorar o enfim Hexa? O Wesley, do BBB 11, disse que só ficaria com a Maria por diversão. E lógico, teve também a filha do Berlusconi, o (Don Corleone) primeiro-ministro da Itália, que negou envolvimentos amorosos com o jogador brasileiro Alexandre, o Pato. Aí eu te pergunto: o que está acontecendo comigo?

Se você vai arriscar, prazer, Vítor Henrique. Ou qualquer outro nome que você queira me chamar.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

REinauguração

Meu caro leitor e minha cara leitora,
depois de muito tempo fechado o Pense Livre ou Vá pro Lixo será reativado.
Não tenho como dizer qual será a frequência de posts, porque isso agora não depende só de mim.
O Pense reestreia com um novo membro na equipe: Vitor Henrique, meu amigo. Ele em breve se apresentará e escreverá para o blog junto comigo.
Não sei se há alguém ainda para ler isto aqui, depois de tanto tempo desativado após um longo período de poucos leitores. A parceria surgiu meio que por acaso. o Vitor começou a colaborar no blog de uma amiga e, após minha namorada ler um post dele, disse que nós começaríamos um blog juntos. Só depois ela me informou dessa novidade rs
Bem, espero que apreciem a repaginada do Pense e gostem do que vier por aí.
Abraços Libertários,
Erick Macau (ex-Pensador Made in Vaso)