quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Recomeço?

Quando se pensa no futuro e se fica cheio daquelas idealizações, oq vc vê? deve ter quase 1 ano desde a minha publicação, e dói ainda me deparar com aquelas linhas. Não estou mais com aquela q achei q fosse para sempre, tbm não sou mais aquele que eu pensava que era. Mesmo com 2 décadas de vida, ainda pensava como menino. Agora... como um adulto? Mudanças interiores são mais difíceis de serem notadas que as exteriores (como o fato de eu ter começado a usar barba), tão imperceptíveis que nem mesmo notamos essas mudanças em nós mesmos. Gostos e pensamentos que deixaram de ser, estilos e personalidades antes desprezados, agora incorporados à cada célula do nosso corpo, nos fazendo deixar de sermos rebeldes sem causa para.... adultos?


Nem lembro-me mais como costumava ser, as minhas rebeldias, minhas inconsequências, meus conceitos e preconceitos, todas aquelas implicâncias e revoltas que hoje não fazem absolutamente NENHUM sentido. Então é agora, pai e mãe, que começo a ter vergonha do meu passado, da minha imaturidade, das minhas irresponsabilidades? Agora que olharei para aquelas fotos no computador (pq são constrangedoras demais para se estar no facebook) e pensarei: pq eu fazia isso? ou o que deu em mim nessa hora?
Final de faculdade, projeto de mestrado escrito, o fantasma do trabalho com carteira assinada e as pilhas e pilhas de contas que chegam pelo correio...
É, meus amigos,
é um novo começo ou um recomeço de vida? Não sei se estas letras serão duradouras ou efêmeras outra vez.... Desculpe Vitor, mas precisei retomar esse meu canto pra mim novamente.
abraços libertários

0 pessoas leram!: